sábado, 18 de fevereiro de 2017

Retorno Sofrido

Não é nada fácil o retorno à realidade brasileira, após uma temporada no exterior. Para mim é sempre muito penoso. Por mais que acompanhemos, à distancia e via Internet, os movimentos de Pindorama é sempre muito difícil pegar a embalagem e retomar a “vidinha” local. Esse rami-rami político-econômico que faz a festa dos noticiários locais e internacionais deixa qualquer um em permanente clima de tensão.
É exatamente assim que me sinto esses últimos dias. Assisto ao largo um quadro político aparentemente pior! A insegurança, nem se fala. Destempero geral.
Fico desapontado e mesmo desesperado ao assistir esse desgoverno reinante em vários estados do país, com rebeliões e chacinas nas prisões, assassinatos em série, mães de família violentadas, policiais em greve, mulheres destes postas como escudos nas portas de guarnições militares, governos falidos e em total desespero... e, um sem numero de outras “misérias” que fazem desse país um espaço de calamidade geral.
Fui um ferrenho opositor ao Governo Petista. Senti-me aliviado e comemorei a queda de Dona Dilma. Mas, sinceramente, estou preocupado com esses ignóbeis “arranjos” políticos que estão sendo feitos em Brasília. Naturalmente que não estou arrependido da oposição acima citada, mas, pelo amor de Deus, manobrar para o naufrágio da Lavajato é o mais sujo e espúrio dos jogos políticos que estamos presenciando neste país. É o retrato fiel da imagem que se faz do político brasileiro, isto é, não tem nenhum honesto. Raríssimas são as exceções, é verdade porque nem tudo está perdido.  Nomear Ministros ou manobrar para escolha de nomes em Comissões importantes no Congresso Nacional, ou outro dirigente qualquer, quase sempre citados nos autos do processo que rola no eixo Curitiba-Brasília é um despudor total de um Governante. Fico muito preocupado. Confesso que a esperança alimentada há poucos meses começa a se desvanecer.
Contudo e por outro lado, não posso negar – o que pode ser a salvação da Pátria – que a Política Econômica vem projetando resultados positivos desde agora. O Henrique Meirelles a despeito do carrossel político desvairado vem fazendo um serviço competente. Já se vislumbra uma solução para tirar o país do buraco que o PT meteu. Temer já contabiliza alguns  tentos ao aprovar a PEC 241 (ou 55) e está prestes a ver passar no Congresso algumas reformas – há muito desejadas – que os governos anteriores não conseguiram levar adiante. Algumas polêmicas é verdade. Impopulares até. Mas, necessárias! Será seguramente uma grande jogada político-institucional, se tudo ocorrer como programado. O trunfo do Temer é o fato de que ele jura, de pés juntos, que não pretende concorrer a outro cargo eletivo e, desse modo, sente-se solto para realizar as reformas que o Brasil reclama há tanto tempo. Isso, além de premente poderá restaurar a confiança internacional do país e garantir sua inclusão como bom parceiro político e comercial neste mundinho tão competitivo.
Como nem tudo é perfeito neste mundo observe, caro(a) leitor(a) que estou diante das duas faces da moeda: decepção no campo político e satisfação no campo econômico. Não é fácil separar essas duas coisas em lugar nenhum do mundo. Mas, no Brasil é bem mais difícil. Daí minha perplexidade e estar sentindo um sabor amargo nesta minha volta de temporada na Austrália, onde a vida corre leve, solta e segura. Deus que nos proteja.
  


9 comentários:

Ranulfo Cunha Filho disse...

Está difícil primo.
Ranulfo Cunha Filho

Maria Zuleide disse...

Concordo com o texto, muito fiel a nossa realidade. Abraços. Maria Zuleide

Leandro Araujo disse...

Muito boas suas opiniões, meu amigo.
Leandro Araújo

Caldas disse...

O choque é sentido quando chega no aeroporto e sai na rua.
Tome uma e relaxe! Caldas

JST disse...

Caro Amigo, es importante que Brasil lleve a término la operación lava jato porque los niveles de corrupcion que generó Petrobras y Odebrecht en muchos países latinoamericanos es inmensa. Se dice que pagaron sobornos por casi 800 millones de dólares. Ello no sólo desprestigia aún más a los políticos de los diferentes países sino que deja MUY mal parado al Brasil. Es indispensable que se juzgue y mande a la carcel a los responsables. Pienso que es un problema de imagen país. Qué pasó con el accidente aéreo que costó la vida del juez que llevaba la causa? Para la opinión de los que no somos brasileños, ello fue un atentado tipo narco-mexicano... la opinión pública requiere que se clarifique toda la máquina de corrupcion que desde allá se ha extendido a casi todos nuestros países. Acá hasta ahora sólo va en el "préstamo" de un jet privado a un candidato presidencial... veremos en qué termina. Por el prestigio de Brasil, las investigaciones de corrupcion deben seguir y en nuestra opinión no debieran limitarse a Petrobras y odebrecht sino a todo el sistema corrupto. Un abrazo JST

Marco Petcovik disse...

É uma tristeza. Temos muito a fazer para melhorar...
Marco Petcovik

Marcelo A. de Araújo disse...

Meu amigo... Vc ainda está desesperançado, isso por que ainda tem algo de esperança.
Eu já perdi completamente as minhas. Não vejo solução pra a classe política desse país.

É lamentável, revoltante na verdade.

Abraço
Marcelo

Umberto Leal disse...

Amigo Girley, como você retratou a situação política do nosso Brasil. Um bando de ladrões, cínicos e que só visam fazer leis para se beneficiar.
Umberto Leal

Almir Reis disse...

Caro Girley:
Sambem estive viajando, mais veja a diferença:Fui até o meu Estado Piauí e precisamente a cidade onde nasci, então veja a diferença. Retornando li com muito atenção e curiosidade até, esta sua nova mensagem, sobre a qual não me sinto em condições de avaliar, pois envolve diferenças gritantes não só quanto a estrutura de cada lugar visitado com as que enfrentamos no dia-a-dia no nosso sofrido pais e de modo especial em nosso Estado, onde suas belezas sequer são preservadas, como por exemplo, as da Ilha de Itamaracá, onde os nossos governantes mantém 3 presídios com mais de 5.000 apenados. Quanto ao mais, ou seja, a questão onde voce fala que a economia já vem apresentando algum tipo de melhoria, culpando PT pelo desastre a que chegamos, atrevo-me a dizer ao companheiro, que o PT, no governo LULA, ajudou e muito o nosso país sair daquela situação da época, pois soube com maestria enrolar o seu aliado PMDB, este sim, responsável pelo desastroso governo de Dilma. Você que anda pelo exterior com frequência, pode muito bem avaliar que o LULA promoveu o nosso país e muito bem no Exterior, o que faz todo governante quando também visita o Brasil, por exemplo: Para vender os aviões para a nossa Força Aérea, quantos países não vieram até aqui para fechar negócio? Na minha modesta avaliação, que está acabando com o nosso país é o PMDB, que colocou em cada Ministério que ele exigia (sempre os mais poderosos), ladrões puro sangue. Como se pode deixar de reconhecer esta situação, sendo este Temer e a turma que lhe acompanha, juntos com o Eduardo Cunha, os maiores saqueadores do nosso patrimônio. Bem já estou indo muito longe. Um grande abraço do seu eterno admirador - ALMIR REIS. .