sábado, 17 de dezembro de 2016

Mensagem de Fim de Ano - 2016


E lá se foi 2016... Foram dias de apreensão, entremeados de alguns prazerosos, mas, difícil mesmo é dizer que foi um grande ano. Num país em convulsão político-econômica, só mesmo sendo um alienado é que passaria batido. Dias prazerosos, por exemplo, lembro os dias de Olimpíadas, da Rio-2016.  É verdade que, em termos pessoais não tenho, a rigor, do que reclamar. Saúde recuperada, após susto dado pelo coração, sucesso profissional, família em ordem e o resto... Bom, o resto a gente corre atrás.
Este ano foi, muitas vezes, desafiador para um Blogueiro que pretende manter uma vanguarda. Com tantas confusões geradas em Brasília, Curitiba e outros grandes centros, repercutindo no restante do país, poderiam sair muitos outros posts e a cada dia, o que está fora dos propósitos de um amador, como é o meu caso. Por outro lado, as escapadas que dei durante o ano, passando pelas Oropas e Cone Sul, foram momentos de relaxamentos, sempre bem-vindos, que renderam algumas postagens bem ao gosto de muitos leitores. Viajei e levei junto comigo vários leitores.
Como sempre faço a cada fim de ano, preciso fazer alguns agradecimentos: em primeiro lugar, a Deus pela condição que Ele me confere de pensar e enxergar o quotidiano, observar pessoas e paisagens e, por fim, emitir opiniões neste espaço semanal. Sei que nem sempre são do agrado de todos que visitam o Blog, mas sei, também, que tenho aqueles que me seguem com prazer, entendem meus argumentos, criticas e descrições, interagindo assiduamente. Até os que se contrapõem, dando dinâmica e vida ao trabalho que me proponho publicar.  No GB há espaço democrático para todos. Agradeço à minha família que sempre me apóia e incentiva neste exercício semanal. De modo especial agradeço a interação que se estabelece com muitos leitores no exterior, o que sinceramente infla minha vaidade. Claro! E vaidade, é bom frisar, faz parte da natureza de qualquer ser humano. Não sinto culpa se isto for visto como defeito ou pecado. Como não me sentir feliz e orgulhoso de saber ser lido em distantes plagas do planeta? Não sei por qual razão tenho freqüentes leitores na Rússia ou na China. E na Índia, Iêmen ou Vietnam? Os leitores brasileiros são bem menos dos que os norte-americanos. Com efeito, tenho que agradecer, cheio de jubilo, a todos. Principalmente àqueles que comentam as publicações.
Ao mesmo tempo, acho interessante porque continuo recebendo comentários de anônimos – os quais, por principio, nem publico – com críticas ofensivas das quais busco extrair aquilo que julgo relevante e que podem sugerir reparos na minha forma ou conteúdo. Creio que nada pode parecer tão bom que não mereça retoques. A esses leitores, meus sinceros agradecimentos e apelo para que continuem nessa forma de relacionamento. Eles cumprem algum papel no meu projeto.          
No limiar de 2017 e aproveitando o tempo do Advento, declaro meu entusiasmo pela renovação das esperanças de um renascer com dias melhores, tanto em termos pessoais, como coletivamente. Entendo sempre que a PAZ começa em cada um de nós. A soma das nossas esperanças e o empenho pacificador de um coletivo social instaura forças inabaláveis para mudar o mundo. É um mundo de paz e esperança que todos desejamos. E é dessa forma que devemos caminhar para um novo ano.
Aproveito para lembrar que, como sempre acontece, o Blog entra em recesso neste período de festas e durante o mês janeiro. Salvo numa possível edição extraordinária, Este é o último post do ano. Aos amigos e amigas leitores(as) e seus familiares, meus melhores desejos de


Feliz Natal e Venturoso 2017

Encerrando nossas atividades, neste ano, brindo a todos e todas com uma mensagem tocante e oportuna da autoria de um estimado amigo e colega na SUDENE, Jorge Fernando de Santana, filósofo iluminado e inteligente nato:

Natal é convite a sublimar a vida. Ensejo de renascer em espírito, retraçar caminhos, refazer atitudes, retocar hábitos, refinar comportamentos.
É tempo de promover a Paz, conquistar amigos, abraçar irmãos, salvar o Planeta e, pois, deixar-se aninhar no colo de Deus.
Urge despertar a boa vontade, condição elementar de instauração da convivência harmoniosa entre os seres humanos.
Eis o de que mais carecemos hoje... e o mais desejável neste Natal: a Paz, para cada um de nós... a Paz, para todos nós.

  NOTAS: 1. Obrigado amigo Jorge Santana. 2. A ilustração foi colhida no Google Imagens

 


11 comentários:

José Jimenez disse...

Amigo Girley Brazileiro gracias por tus opiniones del 2016; gracias por tus comentarios; y, gracias a la vida. Feliz Navidad y un venturoso Año Nuevo!
José Jiménez (Ecuador)

Dulce Nadruz disse...

Girley, felizmente consegui ler seu último comentário de 2016. Não sei por que razão não as recebi mais . Espero em 2017 voltar as acompanhá-las . São sempre lúcidas e esclarecedoras . Desejo um feliz Natal e um Ano Novo de saúde e paz para você e sua família . Um afetuoso abraço .
Dulce Nadruz

Susana González disse...

Para ti y tu familia también mis mejores deseos, esperando con gusto tus próximas publicaciones.
Susana González

valerio guidotti disse...

Girley ,que 2017 venha com tranquilidade para todo nosso Brasil e que nossos governantes não transformem nosso país numa grande Brasilzuela

Riolanda Castelo disse...

Querido amigo de longas datas , que vc nos continue presenteando com seus comentários durante todo o Ano Novo.
Riolanda Castelo

VanjaNunes disse...

👏👏👏👏👏
Excelente como sempre
Desejo a você e a sua família um natal de paz a paz que vem de Deus.
Vanja Nunes

Otamar de Carvalho disse...

Agradeço seus votos, retribuindo-os.
Otamar de Carvalho

Gilvan Lemos disse...

Obrigado amigo. A fidalguia, como sempre, está no seu íntimo.
Gilvan Lemos

Sonja Azevedo disse...

Querido Girley, amigo de muitas datas, quero parabenizá-lo texto maravilhoso e com certeza em 2017, irei acompanhar assiduamente seus posts. Agradeço seus votos de felicitações para o Natal e Ano Novo e retribuo meus desejos de paz, esperança e fé para você e toda família. Um grande abraço.
Sonja Azevedo

Ana Celi Ramos disse...

Feliz natal, paz e alegria, para todos da família!!!❤️🍀🍾🍾🎅🎁
Ana Celi Ramos

Julio Silva Torres disse...

Querido Hermano Girley, agradezco tus reflexiones siempre certeras. Yo soy parte de aquellos que te leen desde otros países siempre con interés y afecto. Me alegró mucho leer el cierre de tu último blog escrito por Jorge Santana amigo grande e inolvidable. Hazme el favor de darle mis datos para retomar el contacto con el. Cariños a toda la familia. Abrazos y mis mejores deseos para esta Navidad.
Julio Silva Torres (Chile)