domingo, 28 de março de 2010

Imagens Colombianas, ainda.

Ainda estou sob efeito das imagens colombianas que guardei, em decorrência da viagem a Colômbia, na semana passada. Muitas coisas poderiam ser lembradas neste Blog. Mas, o espaço seria exíguo. De todo modo, sinto-me instigado a falar de três coisas que me deixaram extasiado nessa ida a Bogotá:
1 – Catedral de Sal de Zipaquirá: Na década de 70 estive pela primeira vez na Colômbia e logo me convidaram para conhecer a Catedral de Sal de Zipaquirá ( pequena cidade, distante 50 kms. ao Norte de Bogotá). Aquilo me pareceu, na época, uma coisa fantástica. Primeiro eu imaginava que sal só era retirado do mar (sal marinho) e nunca das entranhas da Terra. Numa imensa montanha de sal, os indígenas locais, os muiscas, retiravam o chamado sal da terra desde a época colonial. No século 20, nas cavernas resultantes da extração de milhões de toneladas de sal para consumo humano e industrial, os mineiros resolveram instalar um templo católico. A original que conheci, inaugurado em 1954, foi desativado em 1990 por se mostrar insegura aos fiéis e
visitantes, devido aos efeitos erosivos das muitas infiltrações que surgiram ao longo dos tempos. Para substituir a antiga catedral o governo colombiano resolveu investir pesado na construção de uma nova, mais segura e mais atrativa, como uma grande atração turistica. De fato, conseguiram fazer algo surpreendente. Inaugurada em 1995, a nova igreja causa imenso impacto ao visitante. A galeria, hoje existente, escavada na montanha conduz o fiel/turista por uma Via Crucis, escavada na montanha de sal, imprimindo emoção a cada uma das quatorze estações. O final do percurso, sempre adentrando ao subsolo, leva à nave central da Catedral dominada por imensa cruz de 16 metros de altura e 10 de braços. A maior cruz subterrânea do mundo, diz orgulho o guia da visitação. Situada a 180 metros de profundidade a referida nave tem capacidade de receber 10.000 pessoas. Vide fotos.
2 – Museu do Ouro: Esta é outra atração imperdível para quem visita a capital colombiana. Nas instalações do Banco da Republica, na zona central de Bogotá, o visitante vai encontrar uma das mais fabulosas coleções, cerca de 38.000 peças indígenas pré-colombianos – em puro ouro – guardados numa verdadeira caixa forte e vigiadas as vinte e quatro horas do dia. Os muiscas, da nação dos chibchas, que habitavam a região da Colômbia, antes da chegada dos espanhóis, eram exímios artesãos do ouro e legaram ao mundo moderno essa maravilha que pode ser vista no museu de Bogotá. Vide foto. 3 – A terceira grande atração, que destaco em Bogotá, e que tive o prazer de visitar, fica por conta do Museu Botero. Fernando Botero é, sem duvida, o maior expoente das artes plásticas contemporânea da Colômbia. Nascido em 1932, em Medelín, Botero se notabilizou, no mundo inteiro, pelas figuras rotundas que passou às imensas telas e esculpiu em mármore negro ou branco. Instalado num anexo do Museu Nacional, nas antigas dependências da Casa da Moeda da Colômbia, no centro histórico de Bogotá, o Museu Botero guarda as mais importantes obras do pintor/escultor, encantando a todos que chegam até lá. Por amor ao povo e à pátria colombiana Fernando Botero adotou uma estratégia inteligentíssima ao trocar suas obras, quando requeridas por museus e galerias internacionais, por obras de pintores ou escultores famosos, acumulando-as numa coleção particular, depois expostas no próprio Museu Botero. O resultado é que ao visitar esse museu que leva seu nome o visitante tem a oportunidade de ver obras de outros monstros sagrados das artes plásticas mundial. Entre os muitos que vi, lembro das obras de Picasso, Salvador Dali, Renoir, Monet e Degas.
Nota: Fotos do Blogueiro.

7 comentários:

Maria Regina Pinto Ferreira disse...

Caro Girley: mais uma vez receba meus parabéns por seu bom gosto. Maria Regina

Margarita Rodriguez de Rugeles disse...

Querido y recordado Girley Antonio,
Espero que tu estancia en Colombia haya sido placentera, para nosotros fue motivo de alegria haber conocido personas tan lindas como tu, aqui tendras una nueva amiga. Gracias de todo corazon por escribir tantas cosas tan dicientes y hermosas de mi pais, gente como tu siempre seran bien recibidas, te deseo muchos exitos en tus actividades.
Un abrazo
Margarita Rodriguez de Rugeles
Departamento de Seguridad-Presidencia de la Republica de Colombia.

Susana González disse...

En verdad Colombia y los colombianos, son increíbles, un lugar para visitar. Me da gusto que te haya gustado tanto, ojalá un día visites México y te lleves una impresión como la de tantos lugares que narras. Un beso

Beta Marinho disse...

Não conheço a COLOMBIA mas, depois do q. v. escreveu fiquei com muita vontade de ir ate lá. Abraços
BetaMarinho

Isabel Ibarra disse...

Mi estimado Girley Antonio,
Gracias por todo, y bueno está bonita tu página de internet. Felicidades.
mar4ia Isabel Ibarra (México)

Valdilene Silva disse...

Parabéns Dr. Girley!

Cada vez que acesso seu blog fico encantada e adquiro mais conhecimento, pois o Sr. é sinonimo de cultura.

Nelly Carvalho disse...

Girley
Adorei seus pontos de vista sobre a Colômbia. Coincidem com o que observei indo agora pela primeira vez. Além do mais, muito bem escrito e descrito
Da amiga
Nelly Carvalho